Tag: unicidade

Tire sua criatividade do armário

pet-kitten-cat-lying

Sou uma criativa enrustida.

Talvez você também seja.

Nossa sociedade é mestre em inibir a criatividade de seus indivíduos, colocando uma série de regras sobre como fazer e não fazer o que quer que seja. Não há espaço para o diferente, fora do convencional. O que não nos dizem é que todos somos criativos, mas só alguns poucos são insensíveis o suficiente às contingências impostas e seguem pela vida agindo criativamente.

Como se não bastassem as regras e contingências impostas pela sociedade, como Freud bem soube descrever, tenho uma sociedade na minha cabeça. Que trata de criticar cada ideia criativa que tenho, mandando-as para o porão escuro das ideias ~ brilhantes ~ mas ameaçadoras do conforto psíquico e emocional.

“Não é bom”. “Não é novo”. “Não acrescenta nada”. “Ousado demais”. “Ninguém vai querer”. “Já fizeram”. “Já disseram”. Blá. Blá. Blá. (mais…)

A menina dança

Lembranças de um tempo em que a simplicidade do viver tomava conta. Espontânea no olhar, nas brincadeiras, no dançar em qualquer lugar, ao som da música que tocasse em sua imaginação naquele momento. Relações tranquilas, transbordantes de amor e alegria. Desapego [ou a santa ignorância] a normas de estilo, adequação social, certo ou errado. Simplesmente é. Naturalmente é.

Sorri sem se preocupar com o que vão pensar sobre seu rosto, seus dentes, seu nariz. A crítica ainda não chegou. Ingênua, livre, feliz.

Quisera essa ingenuidade e essa abertura para a vida nunca tivessem passado. Seria muito mais fácil hoje manter a paz interior, ser luz, projetar luz. (mais…)

O que é propósito?

field-summer-sun-meadow
Quando comecei a construir a ideia deste blog tinha um tema genérico que muito me atraía: a felicidade. O que é a felicidade? Como ela se caracteriza? É possível produzir felicidade?

À medida que fui estudando e refletindo a respeito, foi ficando mais claro para mim que ser feliz não significa estar alegre todo o tempo. Pelo contrário: momentos de tristeza, quedas, sustos, também compõem uma vida feliz. O que amarra todos esses momentos – os bons e os ruins – é algo bastante abstrato, mas importantíssimo: o valor. (mais…)

Gente é pra brilhar

Gente é pra brilhar!

Você vem buscando seu lugar no mundo, compreender quem é você, no que você acredita, que valores te representam, que ações te valorizam. Esse movimento é tão intenso que pouco a pouco você vai encontrando sua turma, aquela de pessoas que compartilham desses valores, dos sonhos, e até dos modos de estar no mundo.

Está tudo muito bem, pois finalmente você se percebe fazendo parte de uma galera, de um movimento. Logo você, sempre tão à parte desse mundo louco, ora tentando se modificar para caber nele, ora se isolando no seu [infinito particular] para buscar alguma autocompreensão.

E o que parecia o paraíso {pessoas tão parecidas!} se torna o inferno.

(mais…)

É possível agradar a todos?

Se você é como a maioria dos seres humanos, a opinião das pessoas a seu respeito é importante. É importante para mim. Somos seres sociais, o contato com o outro é importante para a nossa sobrevivência e mesmo para a nossa felicidade. É impossível passar pela vida sem que o comportamento dos outros nos afete, desde os cuidados básicos até as meras relações de troca de serviços e bens materiais.

(mais…)