field-summer-sun-meadow
Quando comecei a construir a ideia deste blog tinha um tema genérico que muito me atraía: a felicidade. O que é a felicidade? Como ela se caracteriza? É possível produzir felicidade?

À medida que fui estudando e refletindo a respeito, foi ficando mais claro para mim que ser feliz não significa estar alegre todo o tempo. Pelo contrário: momentos de tristeza, quedas, sustos, também compõem uma vida feliz. O que amarra todos esses momentos – os bons e os ruins – é algo bastante abstrato, mas importantíssimo: o valor.

Valor, propósito sentido, significado. Todos esses termos podem ser utilizados para designar aquilo que verdadeiramente importa na vida de cada um. E isso muito raramente é um bem material, como também não é uma meta ou objetivo.

Os valores são conceitos, parâmetros que norteiam nossas escolhas. São características abstratas que estão no núcleo de tudo o que fazemos que nos dá uma sensação de paz interior, de coerência com a gente mesmo.

É interessante pensar sobre isso e relacionar com um longo período da minha vida em que me faltava exatamente essa paz interior. Eu agia no mundo das mais diversas formas, me relacionava com as pessoas, tentava compreender o ser humano por meio dos estudos e do trabalho, mas não era feliz. No máximo alegre, às vezes. E hoje percebo que me faltava a paz interior porque eu não conhecia bem meus valores, e então não agia de acordo com eles. Era como se eu vivesse fora de mim. Você se sente assim?

Já quando seguimos nosso propósito sentimos que as peças de nossa vida se encaixam, que tudo faz sentido, mesmo que imediatamente a situação seja penosa ou difícil de encarar.

Para que se viva com sentido, portanto, é preciso ter claro para si quais são os seus próprios valores ou propósitos. Você sabe quais são os seus? Compartilhe nos comentários! E chama pra cá aquela pessoa especial que está precisando refletir e descobrir os próprios valores. Ela e eu agradecemos!

No próximo post vou falar sobre ~como descobrir os meus valores~.

Imagem: pexels.com

2 comments on “O que é propósito?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *